PUBLICIDADE

[Resenha] Duas Verdades e Uma Mentira, Sara Shepard

28 de nov de 2014


“Em Duas verdades e uma mentira, Emma continua se passando pela irmã gêmea morta, Sutton, e tentando desvendar os enigmas envolvidos no misterioso passado das duas. Mas a volta de Thayer, irmão da melhor amiga de Sutton, que estava desaparecido há alguns meses, complica ainda mais a vida de Emma, que precisa encaixar mais uma peça importante no intrincado, e perigoso, quebra-cabeça do passado da irmã.”

Fala galerinha, tudo bem com vocês? Quero me desculpar pelos atrasos constantes, mas está no ar mais um #LeitorDeBula e nessa semana vamos continuar a falar de Sara Shepard com “Duas Verdades e Uma Mentira”.

“E se a sua vida toda fosse uma mentira?

E se você não soubesse em quem confiar?

Até onde iria para encontrar a verdade?”

Após descobrir que a perseguição por parte das Gêmeas do Twitter nada mais era do que um trote do Jogo da Mentira, Emma fica aliviada por saber que nenhuma das pessoas a sua volta matou sua irmã Sutton, mesmo que muitas delas tenham motivos para tal. Então nosso livro começa com Emma sendo surpreendida por Thayer em seu quarto. Vocês não devem se esquecer que ele estava sumido, porém as coisas não dão muito certo e Emma acaba suspeitando desse novo personagem da história.

Sutton e Thayer tinham uma atração, o que fazia com que Laurel sentisse ciúmes do “casal”, ainda mais após todos culparem Sutton pelo sumiço ou fuga de Thayer. Após ser preso pela invasão na casa dos Mercer, Laurel passa a culpar sua irmã.

Mas o que será que Sutton fez para que Thayer tenha desaparecido?

Essas e mais perguntas rondam a cabeça de Emma e a todo o momento vários segredos são descobertos, o que faz a trama virar de ponta cabeça mais uma vez...


Bom galerinha, por hoje é só e eu espero que tenham gostado da resenha de “Duas Verdades e Uma Mentira” e te espero na próxima semana... Tchau :D
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

0 comentários:

Postar um comentário




 
Top