PUBLICIDADE

[Resenha] O Pacto, Joe Hill

1 de ago de 2014



“Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis.

Estou de volta para trazer mais uma indicação de livro e já que semana passada foi divulgado na Comic Con 2014 o trailer do filme "Horns" que é a adaptação do livro "O Pacto" (ou Horns em inglês) de Joe Hill. Então fiquem com o trailer e abaixo vamos a nossa resenha da semana.


A trama conta a história de Ig e Merrin que se conheceram quando eram jovens e logo se apaixonaram, eram perfeitos um para o outro. Depois de quase uma década de namoro tudo muda e essa bela história de amor acaba se tornando em uma terrível tragédia. Merrin foi estuprada e morta de maneira inexplicável, logo Ig se torna o principal suspeito e passa a ser acusado por todos na cidade. Após um ano da morte de Merrin, ele acorda com uma terrível e inexplicável dor de cabeça e descobre que algo nele mudou, da noite para o dia nasceram chifres em sua cabeça e ele descobre que os todos veem os chifres, porem agem normalmente. Bom não tão normalmente assim, já que todos começam a contar seus pecados mais íntimos.

Do padre ao médico, dos pais a avó, Ig descobre muitas coisas sobre o que as pessoas pensavam dele e é com esse “poder” que ele consegue a confissão do seu irmão, que sempre soube quem matou Merrin e que nunca contou a verdade. Até agora. Sozinho Ig parte para caça do assassino de sua namorada e descobrirá que ser o diabo tem lá seus benefícios.

O livro fica indo e voltando no tempo, fala da infância de Ig, fala da adolescência e do inicio do romance com Merrin e também tempos antes da morte dela, isso te deixa a par dos acontecimentos narrados no presente. Algo que é legal de se mencionar (e que não é spoiler) é que mesmo não querendo, Ig atraí cobras e que muitas das vezes são a sua única companhia.

Joe Hill (filho do grande Stephen King) trabalhou bem nesse livro, a história é envolvente e eletrizante, tem trechos que tem humor, assim como tem algumas cenas que são mais dramáticas e nos mostra que o mundo não é preto e branco, na verdade o mundo tem seus tons de cinza.

Bom, eu vou ficando por aqui e espero que vocês tenham gostado da resenha de hoje e espero que vá ler O Pacto e ver como a sua vida pode mudar da noite pro dia quando se ganha um par de chifres.

Texto Escrito por Caio Húngaro
Bom por hoje é só, espero que tenham gostado dessa resenha.
Abraços e até a próxima!

O Blog esta com vagas abertas. Se interessou? Clique aqui e saiba mais.
Curta nossa página  Facebook,
Estamos no Orelha de Livro
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

0 comentários:

Postar um comentário




 
Top