PUBLICIDADE

[Resenha] Espadachim de Carvão, Affonso Solano

11 de jul de 2014




“Kurgala é um mundo abandonado por Quatro Deuses. Adapak é filho de um deles. E hoje ele está sendo caçado. Perseguido por um misterioso grupo de assassinos, o jovem de pele cor de carvão se vê obrigado a deixar a ilha sagrada onde cresceu e a desbravar um mundo hostil e repleto de criaturas exóticas. Munido de uma sabedoria ímpar, mas dotado de uma inocência rara, ele agora precisará colocar em prática todo o conhecimento que adquiriu em seu isolamento para descobrir quem são seus inimigos. Mesmo que isso possa comprometer alguns dos segredos mais antigos de Kurgala.”

Bom, cá estou eu novamente resenhar para vocês e vou continuar com as indicações de autores brasileiros que estão vindo com tudo. O livro da vez é O Espadachim de Carvão do conhecido (para alguns) Affonso Solano do MRG (Matando Robôs Gigantes).

Adapak é um jovem de 19 ciclos que tem a pele negra como carvão e olhos brancos, filho de um dos Quatro Deuses de Kurgala, ele sempre viveu dentro do limite em que se era “seguro” e teve todo conhecimento divino a seu dispor, além de ter sido treinado com uma exótica técnica de luta com espadas. Mas o jovem se vê forçado a largar sua morada quando a ilha é invadida por assassinos misteriosos, então para sobreviver, ele decide ir além das fronteiras que lhe eram permitidas e sai em busca daqueles que querem a morte dos Deuses de Kurgala.

Solano criou um universo único (Universolano) e para nos apresentar Kurgala, ele não nos da nenhuma “vantagem” sobre Adapak, ou seja, estamos na mesma situação de Adapak, “cegos” e isso nos leva a descobrir pouco a pouco desse incrível universo a cada virada de página. O livro também tem qualidade nos quesitos de impressão, diagramação e até nas folhas, além de que eu curto muito a arte da capa que é linda.

Espadachim de Carvão é um excelente livro para os que gostam de fantasia e para aqueles que têm preconceito com escritores brasileiros, ainda mais no gênero, o livro não fica pra trás de livros internacionais. E caso você venha a ler e gostar do livro, nesse segundo semestre está previsto o lançamento do segundo volume, pois Affonso Solano pretende explorar bastante o universo de Kurgala em uma série.
Texto Escrito por Caio Húngaro
Bom por hoje é só, espero que tenham gostado dessa resenha.
Abraços e até a próxima!

O Blog esta com vagas abertas. Se interessou? Clique aqui e saiba mais.
Curta nossa página  Facebook,
Estamos no Orelha de Livro
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

0 comentários:

Postar um comentário




 
Top