PUBLICIDADE

[Crítica] Planeta dos Macacos: O Confronto

27 de jul de 2014



Bom, nessa última quinta-feira (24/07) estreou nos cinemas o filme Planeta dos Macacos: O Confronto e como eu estava ansioso para saber o que seria proposto depois de Planeta dos Macacos: A Origem, fui conferir o que temos no novo filme e deixar uma crítica para vocês, então vamos a sinopse:

"Uma crescente nação de primatas geneticamente modificados e liderados por Cesar é ameaçada pelos sobreviventes humanos e uma alarmante epidemia viral desencadeada há uma década. O momento de paz em que se encontram está fragilizado e dura pouco, quando os dois lados são levados à beira de uma guerra que determinará quem será a espécie dominante da Terra."

O filme começa falando sobre a gripe símia e como ela vem devastando a humanidade, mostrando o impacto que ela tem no mundo e mostra principalmente o que mudou em San Francisco 10 anos após os acontecimentos do primeiro filme. Cesar que se mostra ser o mais inteligente e tem melhor desenvolvimento de seus sentimentos pelos humanos, luta para manter seus “irmãos” em constante aprendizado, notamos isso em várias cenas de como eles desenvolveram técnicas de caça e de convivência em sociedade. A trama gira em torno de dois fundamentos: primeiro mostrando como os macacos estão lidando com a criação da sua sociedade, moldando seus princípios e causas e em segundo mostra como os humanos – que culpam os macacos pela gripe símia - estão fazendo para sobreviver, já que voltaram a viver em bandos para reerguer a civilização e evitar a extinção de nossa espécie.

Cada um dos grupos subestima o outro, os macacos fazem isso com base na relação que tinham com os humanos – já que muitos deles viviam presos em jaulas -, e os humanos não creem na inteligência dos animais (como muitas vezes é citado no filme “são apenas macacos”) e isso acaba por criar o atrito entre as espécies. Com muito mais macacos nessa continuação, é notória a melhoria e a qualidade nos efeitos visuais entre o primeiro e o segundo filme e é bem legal assistir no 3D.

Não podemos deixar de falar da atuação de Toby Kebbel como Cesar e Koba que é fantástica. A continuação infelizmente não conta com James Cameron e nenhuma personagem do filme anterior, mas teve sucesso na inserção de novas personagens como Malcolm (Jason Clarke), Ellie (Keri Russel) e Dreyfus (Gary Oldman).

Planeta dos Macacos: O Confronto é bem diferente dos outros filmes da franquia, pois ele trabalha bem as questões políticas e sociológicas e nos mostrando como eles põem isso em prática.

Eu que não sou fã de Planeta dos Macacos curti bastante o filme, achei sensacional e a minha expectativa foi suprida. É isso, eu vou ficando por aqui que é para não ter riscos de dar spoiler para vocês. Então se você é fã da franquia Planeta dos Macacos e gostou bastante do último filme, corre pra assistir ao confronto entre macacos e humanos.

Texto Escrito por Caio Húngaro
Bom por hoje é só, espero que tenham gostado dessa resenha.
Abraços e até a próxima!

O Blog esta com vagas abertas. Se interessou? Clique aqui e saiba mais.
Curta nossa página  Facebook
Estamos no Orelha de Livro
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

2 comentários:

Jhonatan Souza disse...

Ele esqueceu de comentar que esse filme é independente, ele tem começo, meio e fim. Não necessite do filme anterior para ser compreendido.
Tem um ótimo enredo, bons personagens e a história em si é bem detalhada e de fácil compreendimento.
Também não sou fã de Planeta dos Macacos, mas realmente foi um ótimo filme.
Não darei spoilers também... Haha

Can You Imagine disse...

Muito obrigado por ter citado esses tópicos Jhonatan e é exatamente isso que se resume esse novo filme do Planeta dos Macacos: um filme redondinho, personagens bem trabalhados, introdução de novas personagens com facilidade e o mais importante a compreensão de ambos os lados que estão em confronto, pois desde o começo você consegue ver os dois lados da moeda.

Obrigado pelo seu comentário :D

Postar um comentário




 
Top