PUBLICIDADE

[Resenha] Perdão, Leonard Peacock , Matthew Quick

2 de dez de 2013


“Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto.

Leonard Peacock, 18 anos, pretende matar seu ex melhor amigo Asher Beal, no dia do seu aniversário de 18 anos.

Leonard vive sozinho, sua mãe Linda é estilista em Nova York, e seu pai foi um astro do rock e depois de um tempo foi pra Venezuela e não se tem mais noticias. Ele assiste filmes dos anos 50 com seu vizinho Walt, segue pessoas infelizes nos trens. Pretende se matar, para não se tornar um adulto infeliz.

O livro de Matthew Quick é realmente extraordinário, me surpreendeu. Mágico, inteligente e sem palavras.

“A chave é fazer algo que marque você para sempre na memória das pessoas comuns. Algo que importe.”


Abraços Equipe Can You Imagine
Texto por Grazi
Curta nossa página no Facebook
Estamos no Orelha de Livro
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

0 comentários:

Postar um comentário




 
Top