PUBLICIDADE

[Autores] Nina X Burgess

27 de jun de 2014


Na coluna Autores de hoje, os escritores escolhidos foram pelo tema em comum: a música. As histórias são bem distintas, mas a situação em que os personagens se encontram levam você a pensar.

Você escolhe o Autor, através de uma votação, (na coluna ao lado).

Confissões de uma Banda, Nina Malkin

“É a história, em relatos em primeira pessoa de cada integrante, de como essa banda se formou e de sua veloz e furiosa escalada para o sucesso. Os integrantes do 6X parecem ter tudo: sorte, contatos... carisma então, nem se fala! Mas se tornar uma celebridade do dia para a noite não é nada fácil. A Gostosa, ou melhor, Wynn, é uma eterna insegura, apesar de rica e bonita. Ela não acredita ter talento para tocar bateria e tem dúvidas de que a banda possa realmente ser bem-sucedida. Será que um talento secreto ajudará Wynn a superar tanto drama? Kendall, mais conhecida como A Voz, canta como um anjinho, treinada em muitas missas dominicais. Ela é o retrato da garota perfeita, mas, quando calça botas de rockstar, seu lado diabólico não demora a aparecer. Stella, A Chefe, não é tão linha dura quanto seu apelido pode fazer parecer. Ela é inteligente, confiante e segura a onda da banda nos momentos mais difíceis. Tudo bem, ela é um pouquinho mandona, mas alguém tem que ser, né? Já A/B, o garoto da banda, é um gênio musical e toca guitarra como ninguém. É desligado, meio largado, e mesmo assim arranca suspiros de suas colegas de banda e de muitas fãs. Ele só tem um problema: não entende nada de meninas e, às vezes, fica completamente perdido no meio de tantas garotas! Fama, rock´n´roll e a perda da inocência estão aqui, sem falar no glamour, nas traições e na boa vida de uma celebridade.
X
Kill All Enimes, Melvin Burgess.


“Se você tem 15, 20, 45 ou 70 anos e está com este livro nas mãos, você está com sorte. Porque este é um belo livro, capaz de arrepiar, emocionar e fazer pensar. Estamos falando de emoção pura, à flor da pele, provocada pelas histórias de Billie – a menina sem pai nem mãe, boa de briga, que enfrenta o mundo na base da porrada –, de Rob – o gordinho boa-praça, fã de heavy metal, atormentado pelo padrasto em casa e pelo bullying na escola – e de Chris – o cara rebelde, em pé de guerra com a escola e que odeia fazer lição de casa. Depois de conhecer o dia a dia desta turma, é difícil imaginar como tantas coisas erradas, tanta tristeza, revolta e angústia cabem nos corações de pessoas tão jovens. Eles estão perdidos em meio a conflitos sem saída: pais controladores ou violentos, mães ausentes ou alcoólatras, mais preocupadas com namorados vagabundos do que com os filhos. Melvin Burgess conduz com maestria esta história pungente e verdadeira. Mostra como jovens que recebem do mundo toda a maldade que ele é capaz de proporcionar – de abandono e desprezo até violência sexual – insistem em sobreviver, amar e ser generosos. Generosidade. Esta é a palavra-chave que define esta obra magnífica. Se por um lado Burgess mostra a face escura, oculta e sórdida das relações familiares, por outro deixa uma porta luminosa aberta para a esperança.


Bom por hoje é só, espero que tenham gostado dessa disputa.
Abraços e até a próxima!

O Blog esta com vagas abertas para pôster. Se interessou? Clique aqui e saiba mais.

Texto por Grazi
Curta nossa página no Facebook
Estamos no Orelha de Livro

Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

0 comentários:

Postar um comentário




 
Top