PUBLICIDADE

[Resenha] - Quando Eu Era Joe, Keren David

5 de fev de 2014


Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos, Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome. Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe... E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso... Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer. Um livro – de tirar o fôlego! – sobre coragem e sobre o peso das consequências do que fazemos.

Ty era Ty, mas como ser a “sombra” do Arron é bem mais conveniente, o menino inocente de 14 anos é a principal testemunha um caso. O que ta feito ta feito, o que foi visto não tem como apagar, e o que foi dito muito menos. Ty vira Joe, o por que desta mudança? Proteção a testemunha. Tudo muda não só o nome e a aparência, mas o que muda é a atitude. A diferença entre Ty e Joe é tão grande que chega a dar para estranhar.

Ao logo da história de Ty/Joe acontece diversas coisas, até que Joe passa a não existir mais. Outra revira volta na vida de Ty e de sua família.

O que dizer deste livro? Particularmente não sei, sem palavras para descrever o tão surpreendente ele é. Keren David se superou no seu primeiro romance e posso dizer que o próximo livro da série esta sendo aguardado com uma ansiedade a mil.

Vale muito a pena ler, não pela história e coisa e tal, mas também porque este livro faz você pensar sobre suas atitudes, nas consequências que isso pode trazer a nossa vida.


Abraços Equipe Can You Imagine
Texto por Grazi
Curta nossa página no Facebook
Estamos no Orelha de Livro
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

1 comentários:

karina souza disse...

Como sempre... ARRASOU NA RESENHA!!! Adoro os livros que você indica, e com esse não foi diferente. Já estou atolada de livros para ler, mas não tem jeito, esse vai ter que entrar na lista. Obrigada pela indicação.
:)

Postar um comentário




 
Top